Arquivo da tag: featured

A Resposta

O homem desesperado alcançou, um dia, a presença do Cristo e clamou:
– Senhor, que fazer para sair do labirinto Terra? Tudo sombra… Maldade e indiferença, angústia e aflição dominam as criaturas que, a meu ver, se debatem num mar de trevas… Senhor, onde o caminho que me assegure a libertação?
Jesus afagou o infeliz e respondeu, generosamente:
– Filho, ninguém te impede de acender a própria luz.

Emmanuel em Sinais de Rumo

Na Viagem da Terra

O Plano Físico é comparável a um mar de inquietações e problemas, coalhado de embarcações, conduzindo passageiros diversos.
Do transatlântico de alto nível à piroga mais simples, quase todos eles enfrentam um oceano repleto de perigos:
Rochedos de incompreensão exigem cautela e entendimento;
Icebergs de indiferença provocam o naufrágio de muitos;
Ondas avassaladoras de ódio espalham desequilíbrio em múltiplas direções;
A ventania da discórdia assopra a delinquência, conturbando-lhes o clima espiritual;
De quando a quando, surgem irmãos que enlouqueceram, transformando-se em piratas da violência e seres ocultos, nas profundezas das águas, rondam as naves no cotidiano, aguardando presas fáceis.
Se consegues mentalizar o quadro que apresentamos, sabes igualmente que a sinalização de Jesus continua funcionando corretamente, na garantia de todos os viajores que lhe buscam as instruções na laboriosa travessia.
É por isso, coração fraterno, que te pedimos, por amor ao Celeste Amigo: onde estiveres e como estejas, como penses e como creias nos poderes do bem, auxilia aos companheiros do mundo e sê para eles uma bênção de paz nas ilhas da esperança.

Meimei, em Sinais de Rumo

Prece por Trabalho

Senhor, auxilia-nos a servir para que aprendamos a amar, segundo nos ensinaste.
Nas horas tranquilas, induze-nos a trabalhar, aproveitando os tesouros do tempo e nas horas de crise, conserva-nos em mais trabalho a fim de não perdê-los.
Se erramos, faze-nos trabalhar na própria corrigenda e sempre que acertemos no dever a cumprir, acrescenta-nos o trabalho para sermos mais úteis.
Senhor, ajuda-nos a compreender que o trabalho afasta a necessidade, imunizando-nos contra o mal e auxilia-nos a lembrar que unicamente aqueles que aprendem a servir é que conseguem vencer.

Bezerra de Menezes

Espiritismo com Jesus

Espiritismo com Jesus é Vida,
Ânimo à lida, reconforto à dor,
Novo roteiro à humanidade aflita,
Luz infinita de Esperança e Amor.

Espiritismo com Jesus alenta
A alma sedenta em desesperação.
Fonte da Paz que jorra, de mansinho,
Celeste vinho de consolação.

Espiritismo com Jesus consola,
Na grande escola que edifica o bem,
Desde as angústias da ilusão terrena,
À luz serena que enche os bons no Além.

Espiritismo com Jesus perdoa
E aperfeiçoa para o bem real.
Sabedoria que esclarece e ensina
A Lei Divina, fúlgida, imortal.

Irmã querida que amas a Verdade,
Na tempestade, na desolação.
Seja o Evangelho de Jesus teu ninho
E áureo caminho de teu coração.

Vallado Rosas

Verbo e Caminho

Expondo estas coisas aos irmãos serás bom ministro do Cristo Jesus, alimentando-os com as palavras da fé e da boa doutrina que tens seguido. – Paulo. (I Timóteo, 4:6)
É necessário estudar o poder do verbo e jamais abusar dele. Mobilizá-lo para estabelecer condições de saúde e equilíbrio, paz e alegria, onde estivermos.
Compreendê-lo e acatá-lo para saber que a verdade, na correção do Espírito, deve ser empregada como a radioterapia na cura física, dentro da cautela aconselhável, sem que nos caiba o direito de inclinar-lhe as aplicações para o terreno da leviandade ou da malícia. Usá-lo para auxiliar e abençoar, levantar e instruir.
Falar é gravar.
Gravar é criar.
Acatemos as necessidades e os interesses dos outros no campo dos recursos verbalistas.
Somos obviamente responsáveis pelos bens materiais de que nos apropriemos indebitamente. Outro tanto acontece quando dilapidamos fé e otimismo, esperança e coragem nos corações alheios.
A ideia é uma força criadora e nossas palavras aderem a ela construindo sentimentos, sugestões, formas e coisas.
Conversemos para melhorar.
Utilizemos a frase por agente de elevação.
Estejamos convencidos de que as palavras que nos escapam da boca ou da escrita assemelham-se, de maneira simbólica, ao ferro-gusa; após escorrerem do forno de nossa mente solidificam-se nos trilhos, bons ou maus, sobre os quais o comboio de nossa existência estará no caminho.

Emmanuel, em Benção de Paz

No Campo da Elevação

Aquele que não ama não conhece a Deus, pois Deus é amor. – João. (I João, 4:8)
O materialismo apresenta contradições que nos obrigam a procurar a melhor maneira de elevar o coração ao nível do cérebro.
Quantos se imaginam hoje abordando a felicidade em outros planetas sem saberem como descobrir a alegria dentro de casa!
Quantos devassam a intimidade da Natureza sem se dignarem sondar os recessos da própria alma!
O raciocínio avança destemido para a luz, mas o sentimento se acomoda na sombra.
Ainda assim é imperioso fugir ao pessimismo e prosseguir no trabalho da sublimação espiritual.
Urge reconhecer que, renteando com os nossos irmãos ainda desconhecedores da própria imortalidade e que se atolam, por isso mesmo, em sinistros enganos, surpreendemos, em todas as latitudes da Terra, companheiros notáveis pela própria formação que sabem manejar com acerto os recursos do mundo para a glória do Bem Eterno, com esquecimento deles mesmos.
O problema da elevação, porém, é comum a nós todos, de vez que, se perguntamos aos nossos irmãos materialistas o que fazem eles da cultura, eles podem indagar, e com razão, o que estamos nós fazendo de proveitoso com a fé.
A verdade é que nós todos – eles e nós outros, os espíritos religiosos – em maioria imensa na Terra, somos criaturas endividadas ante as leis do Universo, com séculos de trabalho pela frente a fim de aprendermos não apenas a evoluir, instruídos pela inteligência, mas também a caminhar com o devido aprimoramento no amor para viver com educação.

Emmanuel, em Bênção de Paz