Arquivo da tag: featured

Ora e Confia

Ora em silêncio e confia em Deus, esperando pela Divina Providência, porque Deus tem estradas, onde o mundo não tem caminhos.

Se um dia te encontrares em situações tão difíceis que a vida te pareça um cárcere sem portas; sob o cerco de perseguidores aparentemente imbatíveis; sofrendo a conspiração de intrigas domésticas; na trama de processos obsessivos; no campo de moléstias consideradas irreversíveis; no laço de paixões que te conturbem a mente; debaixo de provas que te induzam à desolação e ao desânimo; sob a pressão de hábitos infelizes; em extrema penúria, sem trabalho e sem meios de sobrevivência; de alma relegada a supremo abandono; na área de problemas criados pelos entes a que mais ames; não desesperes.
Ora em Silêncio e confia em Deus, esperando pela Divina Providência, porque Deus tem estradas, onde o mundo não tem caminhos.
É por isto que a tempestade pode rugir à noite, mas não existem forças na Terra que impeçam, cada dia a chegada de novo amanhecer.
Meimei

No Caminho das Horas

Não te digas inútil.
Nem fujas de servir.
Deus é o Sol Supremo, no entanto, podes exercer a função da vela humilde, quando se faz pequena chama arredando as trevas.
Em Deus brilha a eterna alegria, mas dispões de recursos para ser o sorriso que reanima a esperança em corações desalentados.
Deus é a sabedoria, entretanto, guardas a possibilidade de construir a frase renovadora em auxílio aos irmãos em desespero.
Deus é a misericórdia integral, contudo, nada te impede de sustentar o perdão das ofensas.
Deus é todo poder; trazes, porém, força bastante a fim de prestar esse ou aquele serviço, em favor de alguém.
Não te emaranhes no cipoal do tempo perdido.
Prossegue abençoando e servindo.
Sigamos a luz do bem.
Deus é o amor infinito, no entanto, aqui e além, hoje e sempre, podes ser a migalha.
Meimei

Toque de Fé

Ergue-te e caminha.
Enxuga as lágrimas e fita os Céus.
Deus que te sustentou até ontem, sustentará hoje e sempre.
A sombra vale para destacar a luz. Surge a dor para aumentar a alegria.
Se provações te feriram, esquece.
Se desenganos te amargaram a existência, não esmoreças.
Escuta a esperança, no silêncio da própria alma, a falar-te de futuro e de amor, de beleza e eternidade e transforma a bênção das horas em riqueza de trabalho.
Olvida toda sombra, à procura de mais luz e perceberás que Deus está contigo, em teu próprio coração, a estender-te os braços abertos.

Meimei

Amizade

Contam as tradições da Vida Espiritual que o apóstolo João, em se retirando Jesus da ceia que lhe precedeu o encarceramento, perguntou-lhe agoniado:
– Senhor, por que predizes a nossa separação? por que nos deixarás, segundo profetizas?
Acompanho-te os passos e ouço-te as pregações, não porque busque fortuna ou poder, influência ou renome… É que encontrei contigo o que buscava, a compreensão e o amor fraterno, a simpatia e o acolhimento… Senhor, não nos abandones, precisamos de ti…
O Cristo afagou-lhe a cabeça e passou a novas instruções, dentre as quais, afirmou:
– “Já não vos chamarei servos, porque o servo não sabe o que faz o seu senhor, mas vos tenho chamado amigos, porque tudo quanto ouvi de meu Pai vos tenho feito conhecer.” (João, 15:15)

AMIGOS foi a titulação mais expressiva que Jesus destacou do vocabulário para definir os companheiros.
Isso naturalmente ocorreu, porque nenhum de nós consegue algo realizar sem amigos que nos comunguem os pensamentos e nos auxiliem a concretizar os próprios anseios.
Pensando na riqueza espiritual da amizade é que Meimei, a irmã que se fez mensageira da Vida Superior, escreveu as páginas deste livro em que se lhe extravasa o coração. Instada a fazê-lo, através de irmãos diversos, ela reuniu neste volume formosa coleção de seus próprios apontamentos para que venhamos a saber o que ela conheceu dos Emissários do Cristo, no sentido de testemunhar-te, caro leitor, a gentileza da Espiritualidade Maior, empenhada a responder-te, quanto possível, as indagações.
Já que não podes comprar doses de coragem, ou comprimidos de paciência, nem adquirir frascos de esperança ou injeções de fé nas instituições do mundo, eis que te oferecemos ao coração as páginas de amizade deste livro, em que Meimei distribui generosamente os mais belos conhecimentos da vida em frases despretensiosas e simples, com os nossos votos ao Senhor para que sejamos todos – nós – os espíritos encarnados e desencarnados ainda vinculados a Terra – sempre mais amigos uns dos outros para que, todos juntos, possamos prosseguir na construção do caminho de união e paz, solidariedade e amor que nos religará, de todo, ao Pai Celestial.

Emmanuel, psicografia de Chico Xavier. Prefácio do Livro Amizade, de Meimei.

Achei tão importante e maravilhoso este texto que resolvi inseri-lo aqui, já que nem todos têm a oportunidade de tomar conhecimento dele. Recomendo a todos a leitura do Livro Amizade, de Meimei, porque todos os capítulos são muito interessantes. 

No Calvário da Luz

Deixa que a Dor te rasgue o peito, ao grito
Da angústia extrema que te prende e enluta!
O buril que lacera a pedra bruta
Guarda o poder tirânico e bendito.

Infortunado, mísero, proscrito,
Segue, de pés sangrando, sob a luta,
De fronte iluminada e face enxuta,
Prelibando a grandeza do infinito…

Avança à frente, moribundo embora,
Cultivando a bondade que aprimora,
De alma oprimida a soluçar, de rastros…

Louva o crisol da desventura humana
Que a Vida Pura reina, soberana,
No roteiro mirífico dos astros.

Cruz e Souza

Juízo

Não é necessário que a morte abra as portas de tribunais supremos para que o homem seja julgado em definitivo.
A vida faz a análise todos os dias e a luta é o grande movimento seletivo, através do qual observamos diversas sentenças a se evidenciarem nos variados setores da atividade humana.
A moléstia julga os excessos.
A exaustão corrige o abuso.
A dúvida retifica a leviandade.
A aflição reajusta os desvios.
O tédio pune a licença.
O remorso castiga as culpas.
A sombra domina os que fogem à luz.
O isolamento fere o orgulho.
A desilusão golpeia o egoísmo.
As chagas selecionam as células do corpo.
Cada sofrimento humano é aresto do Juízo Divino em função na vida contingente da Terra.
Cada criatura padece determinadas sanções em seu campo de experiência.
Compreendendo a justiça imanente do Senhor em todas as circunstâncias e em todas as cousas, atendamos a sementeira do bem aqui e agora, na certeza de que, segundo a palavra do Mestre, cada espírito receberá os bens e os males do Patrimônio Infinito da Vida, de conformidade com as próprias obras.

Emmanuel, psicografia de Chico Xavier, em 1951, no Centro Espírita Luiz Gonzaga.

Discernimento

Os defeitos mais arraigados são aqueles que tomamos à feição de qualidades.
É preciso discernir entre:
Apresentação e vaidade;
Brio e orgulho;
Serenidade e indiferença;
Correção e frieza;
Humildade e subserviência;
Fortaleza e segurança de coração.
Quando algum sentimento nos induzir a parecer melhor ou mais forte que os outros, é chegado o momento de procurar a nossa própria realidade, para desistir da ilusão.
De que serve a nossa felicidade quando não diminui a infelicidade dos que se sentem menos felizes?

André Luiz