Ventura da Prece

Vinde, todos vós que desejais crer. Acorrem os Espíritos celestes, e vêm anunciar-vos grandes coisas! Deus, meus filhos, abre os seus tesouros, para vos distribuir os seus benefícios. Homens incrédulos! Se soubésseis como a fé beneficia o coração, e leva a alma ao arrependimento e à prece! A prece. Ah! Como são tocantes as palavras…

Prece diante da Manjedoura

Senhor. Diante da Manjedoura em que nos descerras o coração, ensina-nos a abrir os braços para receber-Te. Não nos relegues ao labirinto de nossas ilusões, nem nos abandones ao luxo de nossos problemas. Vimos ao Teu encontro, cansados de nossa própria fatuidade. Sol da Vida, não nos confies às trevas da morte. Fortalece-nos o bom…

Tua prosperidade

Tua prosperidade não transparece unicamente da face material do teu dinheiro, das tuas posses, da tua casa, dos teus bens. Ela se compõe das experiências que ajuntaste, de alma transada, ante as incompreensões que te cercaram as horas. Formam-se dos conhecimentos nobilitantes que amealhaste pelo estudo perseverante com que te habilitas ao privilégio de minorar…

Nosso concurso

Com efeito, o nosso concurso na obra do bem possui características marcantes: É sempre oportuno. Nunca se torna excessivo. Apresenta valor específico Recebe beneplácito superior. Demonstra-nos o desejo de acertar. Constitui experiência sempre nova. Mostra campo ilimitado de manifestação. Não precisa impor nem condicionar. Revela hoje o amanhã melhor. Significa chamamento à cooperação dos outros….

Dia de Deus

Pensando em Deus, pensa igualmente nos homens, nossos irmãos. Detém-te, de modo especial, na simpatia e no amparo possível, em favor daqueles que se fizeram pais ou tutores. As mães são sempre revelações angélicas de ternura, junto aos sonhos de cada filho, mas é preciso não esquecer que os pais também amam. Esse perdeu a…

Ante as crises do mundo

As crises, as dificuldades, os desregramentos do mundo!… De modo habitual, referimo-nos às provações terrestres, mormente nas épocas de transição, como se nos regozijássemos em ser folha inerte nas convulsões da torrente. Em verdade, o mundo se encontra em renovação incessante, qual sucede a nós próprios e, nas horas de transformações essenciais, é compreensível que…

Oração nossa

Senhor, ensina-nos a orar sem esquecer o trabalho; a dar sem olhar a quem; a servir sem perguntar até quando; a sofrer sem magoar seja a quem for; a progredir sem perder a simplicidade; a semear o bem sem pensar nos resultados; a desculpar sem condições; a marchar para a frente sem contar os obstáculos;…

Oração no Templo Espírita

Senhor Jesus, vimos de longe para agradecer-te a bondade. Viajantes do tempo, procedemos de Tebas, da Babilônia, de Heliópolis, de Atenas, de Esparta, de Roma… Tantas vezes respiramos na grandeza terrestre!… Petrificados na ilusão, povoamos palácios de orgulho, castelos de soberba, casas solarengas da vaidade e dominamos cruelmente os fracos, desconhecendo a bênção do amor……

Oração no dia dos mortos

Senhor Jesus! Enquanto nosso irmãos na Terra se consagram hoje à lembrança dos mortos-vivos que se desenfaixaram da carne, oramos também pelos vivos-mortos que ainda se ajustam às teias físicas… Pelos que jazem sepultados em palácios silenciosos, fugindo ao trabalho, como quem se cadaveriza, pouco a pouco, para o sepulcro; pelos que se enrijeceram gradativamente…

Oração na festa das mães

Senhor Jesus! Junto dos irmãos que reverenciam as mães que os amam, para as quais rogamos os louros que mereceram, embora atentos a lei de causa e efeito, que a Doutrina Espírita nos recomenda considerar, vimos pedir abençoes também as mães esquecidas, para quem a maternidade se erigiu em purgatório de aflição. Pelas que jazem…

Intuição através do sonho

Nossa irmã Olinda Marques servia de enfermeira a uma senhora idosa, paralítica e um pouco desmemoriada. Sabendo que íamos visitar o Chico, pediu-nos que obtivéssemos uma orientação dele. A resposta foi: Diga à nossa irmã Olinda que lhe darei uma intuição em sonho… Em chegando aqui, nossa companheira Zezé Gama encontrou-se, casualmente, com Dona Elvira…

O remédio

Em julho de 1957, fomos a Natal, no Rio Grande do Norte, a fim de assistir ao casamento de um filho. Chegamos às 14 horas, numa sexta-feira e, às 19 horas, depois do jantar, fomos visitar a Federação Espírita, que tinha como Presidente o distinto confrade, Professor Abdias Antônio de Oliveira, já desencarnado. Foi uma…