Renunciação

Abandonar os que convivem conosco, portanto, por amor ao Evangelho, é calar os pruridos de nossa personalidade exclusivista e gritante, para ser-lhes mais úteis, no anonimato da compreensão e da caridade.

Infatigavelmente

Cristo Redentor, imagem baixada da internet

Louvemos a administração terrestre que atualmente humaniza o trabalho, despojando-o das velhas características de cativeiro e degradação moral, todavia, não nos descuidemos da responsabilidade de honrá-lo, conscientemente, com as nossas melhores forças.Muitos se valem da benignidade dos textos legais para favorecerem a maldade que lhes é própria e transforma feriados em explosões de loucura, quando… Continuar lendo Infatigavelmente

Simpatia

Compadece-te de quem se aproxima.Não te encarceres nas aparências.Há risadas que disfarçam soluços.Muita veste custosa esconde feridas.O legislador que te parece feliz muita vez gemerá em desespero silencioso.O administrador que passa, indiferente, carrega na cabeça tão esfogueantes problemas que deixou de saudar-te.O expositor de ensinamentos sublimes que se te afigura a cavaleiro das vicissitudes humanas… Continuar lendo Simpatia

Recordemos

Se a luz do Evangelho já te clareia o templo d’alma, não menoscabes o nosso dever cotidiano na construção do Reino do Amor.Recorda que, em te recebendo na assembleia de seguidores e aprendizes, revestiu-te o Senhor com o poder sublime da grande compreensão.Foste assim, chamado a auxiliar onde a ignorância perdeu a fé na vitória… Continuar lendo Recordemos

Rumores de guerra

Amigos, esse texto é extenso, mas acho importante a sua leitura, tendo em vista a atualidade do assunto. “E ouvireis de guerras e de rumores de guerras; olhai não vos assusteis, porque é mister que isso tudo aconteça, mas ainda não é o fim. Porquanto se levantará nação contra nação, e reino contra reino, e… Continuar lendo Rumores de guerra

Por Cristo

Paulo de Tarso, Rembrandt

E se te fez algum dano, ou te deve alguma coisa, põe isso à minha conta. — Paulo. Filemon, 1: 18. Enviando Onésimo a Filemon, Paulo, nas suas expressões inspiradas e felizes, recomendava ao amigo lançasse ao seu débito quanto lhe era devido pelo portador.Afeiçoemos a exortação às nossas necessidades próprias.Em cada novo dia de… Continuar lendo Por Cristo