Categorias
Espiritualidade

Cristo em nós / Christ in us

Civilizações numerosas passaram sobre a Terra, deixando na retaguarda, com algumas réstias de luz, túmulos imponentes e ruínas fumegantes… Civilizações em que nossos próprios espíritos, usando formas inumeráveis, muitas vezes, desceram a precipícios de violência…

Do cântico selvagem do homem primitivo à sabedoria dos faraós, e, do Egito multimilenário a nós outros, a cultura intelectual, com as indagações filosóficas e com as experimentações científicas, com as interpretações religiosas e com as aventuras bíblicas, exercitou, de mil modos, as nossas faculdades mentais, transformando-nos o instinto em inteligência, a inteligência em razão e a razão em conhecimento superior, dentro do qual porém, a animalidade sempre nos induziu à conquista da ilusão e da posse efêmera…

Cristo, porém, é a Lei Divina que nos reclama a níveis mais altos, é a soma das qualidades edificantes com que nos compete escalar os cimos da evolução a que nos destinamos.

É por isso, que o Cristianismo redivivo, é luz com que nos cabe inflamar os próprios corações, fonte com que nos compete dessedentar a vida sequiosa de renovação e de paz em derredor de nós mesmos.

Entronizemos o Senhor no templo da própria alma para que o serviço da Boa Nova, começando por nós mesmos, se nos irradie das atitudes e pensamentos, palavras e ações, criando áreas vivas de compreensão e de trabalho edificante, nas quais possamos plasmar o abençoado caminho para a Nova Era.

Nosso problema vital, desse modo, não será a teorização sobre os tempos novos, mas sim o da tradução do Evangelho em nós para que nos renovemos, construindo a Vida Melhor.

Quando instalarmos o Divino Inspirador em nossa própria vida, materializando-lhe os ensinamentos à frente uns dos outros, o Reino de Deus brilhará, em nós, gerando felicidade e enaltecendo a vida.

Espírito Emmanuel, do livro Abrigo, psicografado por Chico Xavier.

Numerous civilizations have passed over the Earth, leaving behind, with a few glimmers of light, imposing tombs and smoking ruins… Civilizations in which our own spirits, using innumerable forms, often descended to precipices of violence…

From the wild chant of primitive man to the wisdom of the pharaohs, and from multimillennial Egypt to us others, intellectual culture, with philosophical inquiries and scientific experiments, with religious interpretations and biblical adventures, has exercised, in a thousand ways, our mental faculties, transforming instinct into intelligence, intelligence into reason and reason into superior knowledge, within which, however, animality has always induced us to conquer illusion and ephemeral possession…

Christ, however, is the Divine Law that claims us to higher levels, he is the sum of the edifying qualities with which it is up to us to climb the peaks of the evolution to which we are destined.

That is why, the revived Christianity, is the light with which it is up to us to inflame our own hearts, a source with which it is up to us to water the thirsty life of renewal and peace around us.

Let us enthrone the Lord in the temple of our own soul so that the service of the Good News, starting with ourselves, may radiate from our attitudes and thoughts, words and actions, creating living areas of understanding and edifying work, in which we can shape the blessed path for New Age.

Our vital problem, therefore, will not be theorizing about the new times, but rather that of translating the Gospel within us so that we renew ourselves, building a Better Life.

When we install the Divine Inspirer in our own life, materializing his teachings ahead of each other, the Kingdom of God will shine in us, generating happiness and enhancing life.

Spirit Emmanuel, from the book Abrigo, psychographed by Chico Xavier.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.