Categorias
Espiritualidade

Taxa de sombra / Shadow rate

Em matéria de tribulações, será justo salientar a taxa de sombra que comumente adicionamos à carga de provas salvadoras e regenerativas que, para nosso próprio
benefício, a vida nos deu a carregar.

A rebeldia é sempre condição negativa, e, em se manifestando conosco, na forma de inquietação desnecessária, é dos piores corrosivos da alma, frustrando-nos recursos de realização e oportunidade, serviço e tempo.
Referimo-nos, sobretudo, ao sofrimento criado por nossas próprias atitudes de não aceitação diante da vida.
Reflitamos nisso, podando as aflições que se nos amontoam em torno das dificuldades naturais.

Teremos renascido na Terra com determinado problema físico o psicológico…
Se o admitimos por lição amiga ou controle edificante, para logo se transforma em bênção de auxílio, em vez de persistir conosco por empeço a complicar.

Provavelmente no mundo teremos recebido parentes difíceis…
Se o abraçamos à conta de companheiros destinados a experimentar-nos a paciência e a ternura, para breve se transfiguram em tesouros de sentimento.

Sofremos doenças…
Se as acolhemos por ensinamentos justos da vida, elas se transfiguram em cursos de educação.

Estaremos faceando rude fracasso…
Se nos dispomos a vará-lo, com entendimento e coragem, ei-lo que se nos faz alavanca de apoio para os caminhos de êxito e segurança.

Achar-nos-emos nos obstáculos da madureza extrema do plano material…

Se aceitamos o desgaste orgânico, sem deixar o trabalho que se nos faça possível, na seara do bem, a mais avançada senectude ser-nos-á período precioso de meditação e ajuste espiritual.

Quando a provação nos visite – lição preciosa e natural na escola da Vida – aceitemos o que sejamos e sirvamos com tudo aquilo de que possamos dispor, a benefício do próximo, com serenidade e compreensão, e estaremos livres da taxa de desespero que, em qualquer sofrimento, é sofrimento muito maior.

Espírito Emmanuel, do livro Rumo Certo, psicografado por Chico Xavier.

In the matter of tribulations, it will be fair to point out the shadow charge we commonly add to the load of saving and regenerative trials which, to our own
benefit, life has given us to carry.

Rebellion is always a negative condition, and when it manifests with us, in the form of unnecessary restlessness, it is one of the worst corrosives of the soul, frustrating resources for fulfillment and opportunity, service and time.
We refer, above all, to the suffering created by our own attitudes of non-acceptance towards life.
Let us reflect on this, pruning the afflictions that pile up around natural difficulties.

We will have been reborn on Earth with a certain physical or psychological problem…
If we admit it out of a friendly lesson or uplifting control, it soon becomes a blessing of help, instead of persisting with us in order to complicate things.

Probably in the world we will have received difficult relatives…
If we embrace it as companions destined to experience our patience and tenderness, they will soon become treasures of feeling.

We are sick…
If we accept them for the fair teachings of life, they are transfigured into education courses.

We will be facing rude failure…
If we are willing to go through it, with understanding and courage, this is what makes us a lever of support for the paths of success and security.

We will find ourselves in the obstacles of the extreme maturity of the material plane…

If we accept organic wear and tear, without leaving the work that is possible for us, in the field of good, the most advanced old age will be a precious period of meditation and spiritual adjustment.

When trials visit us – a precious and natural lesson in the school of Life – let us accept what we are and serve with all that we can, for the benefit of others, with serenity and understanding, and we will be free from the rate of despair that, in any suffering is much greater suffering.

Emmanuel Spirit, from the book Rumo Certo, psychographed by Chico Xavier.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.