Categorias
Espiritualidade

O apelo divino / The divine appeal

Reunidos os componentes habituais do grupo doméstico, o Senhor, de olhos melancólicos e lúcidos, surpreendendo, talvez, alguma nota de oculta revolta no coração dos ouvintes, falou, sublime:
—Amados, quem procura o Sol do Reino Divino há de armar-se de amor para vencer na grande batalha da luz contra as trevas. E para armazenar o amor no coração é indispensável ampliar as fontes da piedade.
Compadeçamo-nos dos príncipes; quem se eleva muito alto, sem apoio seguro, pode experimentar a queda em desfiladeiros tenebrosos.
Ajudemos aos escravos; quem se encontra nos espinheiros do vale pode perder-se na inconformação, antes de subir a montanha redentora.
Auxiliemos a criança; a erva tenra pode ser crestada, antes do sol do meio-dia.
Amparemos o velhinho; nem sempre a noite aparece abençoada de estrelas.
Estendamos mãos fraternas ao criminoso da estrada; o remorso é um vulcão devastador.
Ajudemos aquele que nos parece irrepreensível; há uma justiça infalível, acima dos círculos humanos, e nem sempre quem morre santificado aos olhos das criaturas surge santificado no Céu.
Amparemos quem ensina; os mestres são torturados pelas próprias lições que transmitem aos outros.
Socorramos aquele que aprende; o discípulo que estuda sem proveito, adquire pesada responsabilidade diante do Eterno.
Fortaleçamos quem é bom; na Terra, a ameaça do desânimo paira sobre todos.
Ajudemos o mau; o espírito endurecido pode fazer-se perverso.
Lembremo-nos dos aflitos, abraçando-os, fraternalmente; a dor, quando incompreendida, transforma-se em fogueira de angústia.
Auxiliemos as pessoas felizes; a tempestade costuma surpreender com a morte os viajores desavisados.
A saúde reclama cooperação para não se arruinar.
A enfermidade precisa remédio para extinguir-se.
A administração pede socorro para não se desmandar.
A obediência exige concurso amigo para subtrair-se ao desespero.
Enquanto o Reino do Senhor não brilhar no coração e na consciência das criaturas, a Terra será uma escola para os bons, um purgatório para os maus e um hospital doloroso para os doentes de toda sorte.
Sem a lâmpada acesa da compaixão fraternal, é impossível atender à Vontade Divina.
O primeiro passo da perfeição é o entendimento com o auxílio justo…
Interrompeu-se o Mestre, ante os companheiros emudecidos.
E porque os ouvintes se conservassem calados, de olhos marejados de pranto, Ele voltou à palavra, em prece, e suplicou ao Pai luz e socorro, paz e esclarecimento para ricos e pobres, senhores e escravos, sábios e ignorantes, bons e maus, grandes e pequenos…
Quando terminou a rogativa, as brisas do lago se agitaram, harmoniosas e brandas, como se a Natureza as colocasse em movimento na direção do Céu para conduzirem a súplica de Jesus ao Trono do Pai, além das estrelas…

Espírito Neio Lúcio, do livro Jesus no Lar, psicografado por Chico Xavier.

When the usual members of the domestic group had gathered, the Lord, with melancholy and lucid eyes, perhaps surprising some note of hidden revolt in the hearts of the listeners, spoke sublimely:
—Beloved ones, those who seek the Sun of the Divine Realm must arm themselves with love to win in the great battle of light against darkness. And in order to store love in the heart, it is essential to expand the sources of piety.
Let us have pity on princes; whoever rises too high, without secure support, may experience falling into tenebrous gorges.
Let’s help the slaves; those who find themselves in the thorns of the valley can lose themselves in nonconformity, before climbing the redemptive mountain.
Let’s help the child; the tender grass can be scorched before the midday sun.
We will support the old man; the night is not always blessed with stars.
Let us extend fraternal hands to the criminal of the road; remorse is a devastating volcano.
Let us help the one who seems blameless to us; there is an infallible justice above human circles, and he who dies sanctified in the eyes of creatures does not always appear sanctified in Heaven.
We will support those who teach; masters are tortured by the very lessons they impart to others.
Let us help him who learns; the disciple who studies without profit, acquires a heavy responsibility before the Eternal.
Let us strengthen those who are good; on Earth, the threat of discouragement hangs over everyone.
Let us help the bad; the hardened spirit can become perverse.
Let us remember the afflicted, embracing them fraternally; pain, when misunderstood, turns into a bonfire of anguish.
Let’s help happy people; the storm usually surprises unsuspecting travelers with death.
Health demands cooperation in order not to be ruined.
The disease needs medicine to be extinguished.
The administration asks for help not to fall apart.
Obedience requires friendly tenderness to escape despair.
As long as the Kingdom of the Lord does not shine in the hearts and consciences of creatures, the Earth will be a school for the good, a purgatory for the bad and a painful hospital for the sick of all kinds.
Without the lighted lamp of brotherly compassion, it is impossible to fulfill the Divine Will.
The first step of perfection is understanding with righteous help…
The Master interrupted himself in front of his speechless companions.
And because the listeners remained silent, their eyes filled with tears, He returned to the word, in prayer, and begged the Father for light and help, peace and enlightenment for rich and poor, masters and slaves, wise and ignorant, good and bad, big and small…
When the prayer ended, the lake breezes stirred, harmonious and gentle, as if Nature had set them in motion towards Heaven to lead Jesus’ supplication to the Father’s Throne, beyond the stars…

Spirit Neio Lúcio, from the book Jesus no Lar, psychographed by Chico Xavier.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.