Categorias
Espiritualidade

Atendamos / Let’s answer

Quando o Mestre ensinou que não se pode servir simultaneamente a Deus e a Mamon, não desejava, por certo, dividir as criaturas em dois campos opostos, nos quais os ricos e os pobres, os bons e os menos bons, os justos e menos justos da Terra, se guerreassem constantemente.
Encontrando um doente, que nos propomos aliviar ou curar, efetuamos imediata separação entre enfermo e enfermidade, atacando a moléstia e protegendo-lhe a vítima.
Ninguém cogita de eliminar socorrendo ou de matar medicando.
Por isso mesmo, em nos sentindo defrontados pelo avarento, saibamos afastá-lo da usura, despertando-o para a caridade.
Se somos chamados a cooperar no levantamento de alguém que se entregou ao desequilíbrio, ajudemo-lo a soerguer-se com a verdadeira confiança em si mesmo, devidamente restaurada.
Se o Mestre nos pede o concurso amigo, ao lado de um irmão delinquente, busquemos extirpar-lhe as chagas do remorso, restabelecendo-lhe as oportunidades de refazer-se e servir.
Há quem se isole da luta, a pretexto de cultivar a sublimação.
Entretanto, é sempre fácil satisfazer aos imperativos da virtude, onde não há tentações, e não é difícil atender à caridade onde a fartura se revele excessivamente.
Colaboremos com o Senhor, em sua Obra Divina, acendendo luz na sombra e oferecendo bem ao mal, a fim de convertermos a animalidade primitiva em Humanidade real.
Nada existe na Criação de Deus sem a “boa parte”.
Esforcemo-nos por desenvolver os menores princípios de elevação, que nos felicitem o caminho, buscando nas almas, por mais aparentemente transviadas ou infelizes, a “parte melhor” de que são portadoras e, embora movimentando os nossos recursos entre os grandes expoentes do erro e da indisciplina, estaremos realmente a serviço do Senhor que nos confiou, com o aprendizado da Terra, a nossa bendita oportunidade de aperfeiçoamento e elevação.

Espírito Emmanuel. Do livro Instrumentos do Tempo. Psicografia de Chico Xavier.

When the Master taught that one cannot serve both God and Mammon simultaneously, he certainly did not want to divide creatures into two opposing camps, in which the rich and the poor, the good and the less good, the just and the less just. of Earth, constantly warring.
Finding a sick person, whom we propose to alleviate or cure, we immediately separate the sick from the disease, attacking the disease and protecting the victim.
No one thinks of eliminating by helping or killing by medicating.
For this very reason, when we feel confronted by the miser, let us know how to keep him away from usury, awakening him to charity.
If we are called to cooperate in lifting someone who has surrendered to imbalance, let us help him to rise with true confidence in himself, duly restored.
If the Master asks us for a friendly contest, alongside a delinquent brother, let us seek to remove the wounds of remorse, restoring him the opportunities to recover and serve.
There are those who isolate themselves from the struggle, under the pretext of cultivating sublimation.
However, it is always easy to satisfy the imperatives of virtue where there are no temptations, and it is not difficult to attend to charity where abundance is excessive.
Let us collaborate with the Lord in his Divine Work, lighting light in the shadows and offering good to evil, in order to convert primitive animality into real Humanity.
Nothing exists in God’s Creation without the “good part”.
Let us strive to develop the smallest principles of elevation, which congratulate us on the way, seeking in souls, however apparently misguided or unhappy, the “better part” of which they are bearers and, while moving our resources among the great exponents of error and indiscipline, we will really be at the service of the Lord who entrusted us, with the learning of Earth, our blessed opportunity for improvement and elevation.

Emmanuel Spirit. From the book Instruments of Time. Psychography of Chico Xavier.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.