Ante o Infinito

Além do turbilhão em que a carne se adensa, Dilatando o pavor na alma triste e intranquila, Desdobra-se outra luz e novo céu se anila, Descortinando aos bons excelsa recompensa. Eis que divinos sóis, prelibados na crença, Refulgem, aurorais, em portentosa fila! Além, constelações onde a glória cintila, Abrindo ao nosso olhar a vida eterna… Continuar lendo Ante o Infinito