Categorias
Espiritualidade

Concessões / Concessions

“Dá a quem te pedir e não te desvies daquele que quiser que lhe emprestes.” — JESUS — (Mateus, 5:42)

“Não podendo amar a Deus sem praticar a caridade para com o próximo todos os deveres do próximo, todos os deveres do homem se resumem nesta máxima: Fora da caridade não há salvação.” — Cap. XV: 5.

Enquanto podes agir no corpo terrestre, medita, de quando em quando, naqueles que largaram, sob regime de compulsória, os talentos que o mundo lhes confiou.

Para isso, não é necessário recorrer ao arquivo dos milênios e nem consultar a pompa dos museus. Alinha na memória os que viste partir nos últimos vinte anos!

Líderes do povo, que detinham o poder de influenciar a multidão, abandonaram o leme das ideias que governavam, impelidos de chofre a varar a névoa do túmulo…

Magnatas da fortuna, que retinham valiosas delegações de competência para resolver as necessidades do próximo, viram-se, de momento para outro, privados das propriedades que ajuntaram, coagidos a entregá-las ao arbítrio dos descendentes…

Missionários de diferentes climas religiosos, que mantinham a possibilidade de consolar e instruir, desceram, precipitadamente, das galerias de autoridade, em que traçavam princípios para as estradas alheias…

Criadores do pensamento, que sustinham a prerrogativa de impressionar pessoas, através do verbo falado ou escrito, tiveram, de súbito, a palavra cassada pela desencarnação ou pela afasia, muitas vezes, no exato momento em que mais desejavam comandar a oratória ou o cérebro lúcido…

Pensa neles, os beneficiários das concessões divinas que te precederam na morte e faze hoje algo melhor que ontem, nos domínios do bem para que o bem te favoreça.

Não apenas os dons da inteligência, mas também o corpo físico, as vantagens diversas, os patrimônios afetivos e até mesmo as dores que te povoam as horas são recursos de que te aproprias na Terra, com permissão do Senhor, para investidos na construção da própria felicidade.

As leis que vigem no Plano Físico são fundamentalmente as mesmas que orientam as criaturas no Plano espiritual.

Um empréstimo fala sempre da generosidade do credor que o concede, mas revela igualmente, na contabilidade da vida, o bem ou o mal que se faz com ele.

Espírito Emmanuel, do Livro da Esperança, psicografado por Chico Xavier.


Concessions

“Give to him who asks you, and do not turn away from him who wants you to lend him.” — JESUS ​​— (Matthew, 5:42)

“Not being able to love God without practicing charity towards the neighbor, all the duties of the neighbor, all the duties of man can be summed up in this maxim: Without charity there is no salvation.” — Chap. XV: 5.

While you can act in the terrestrial body, meditate, from time to time, on those who have abandoned, under compulsory regime, the talents that the world has entrusted to them.

For this, it is not necessary to resort to the archive of the millennia or to consult the pomp of museums. Line up in memory those you have seen leave in the last twenty years!

Leaders of the people, who had the power to influence the multitude, abandoned the helm of the ideas they ruled, impelled suddenly to break through the mist of the tomb…

Fortune tycoons, who retained valuable delegations of competence to solve the needs of others, found themselves, from one moment to another, deprived of the properties they amassed, coerced into handing them over to the will of their descendants…

Missionaries of different religious climates, who maintained the possibility of consoling and instructing, descended, hastily, from the galleries of authority, where they traced principles for the roads of others…

Creators of thought, who maintained the prerogative of impressing people, through the spoken or written verb, suddenly had their word revoked by disincarnation or aphasia, many times, at the exact moment when they most wanted to command the oratory or the lucid brain. …

Think of them, the beneficiaries of the divine concessions that preceded you in death and do something better today than yesterday, in the domains of good so that the good may favor you.

Not only the gifts of intelligence, but also the physical body, the various advantages, the affective assets and even the pains that fill your hours are resources that you appropriate on Earth, with the permission of the Lord, to invest in the construction of your own happiness.

The laws that prevail on the Physical Plane are fundamentally the same that guide creatures on the Spiritual Plane.

A loan always speaks of the generosity of the creditor who grants it, but it also reveals, in the accounting of life, the good or the bad that is done with it.

Emmanuel Spirit, from the Book of Hope, psychographed by Chico Xavier.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.