Categorias
Espiritualidade

Na sementeira do amor / In the seed of love

Ajuda sempre, filho meu.
Pensa no bem, exalta-lhe a grandeza e intensifica-lhe os dons na Terra.

A glória mais expressiva do perdão não reside tanto na superioridade daquele que o dispensa, mas sim na soma de benefícios gerais que virão depois dele. O mais alto valor do concurso fraterno não está contido no socorro às necessidades materiais de ordem imediata e, sim, no estímulo à confiança e à fraternidade.

Somente os espíritos em desequilíbrio extremo, fundamente cristalizados no mal, menosprezam as manifestações do bem.
Sei que é difícil julgar o destino de uma dádiva e, por vezes, teu pensamento se perde, inutilmente, em complicadas conjecturas.

“Terei dado para o bem? terei dado para o mal?” — interrogas a ti mesmo.
Mas, se não deste quanto possuis, se apenas concedeste migalhas do tesouro que o Senhor te confiou, não poderás ajudar ao próximo, tranquilamente, em nome do mesmo generoso Senhor que tudo te emprestou no mundo, a título precário?

Claro que te não rogo favorecer o crime e a desordem visíveis ao nosso olhar. Entretanto, se te posso pedir alguma coisa, em tempo algum te negues à cooperação fraterna.

Não abandones o enfermo, receando aborrecimentos, e nem fujas ao irmão desditoso que caiu nas malhas da justiça, temendo dissabores.
Se tua bondade não for compreendida, aprende a esperar.
Não é mais cristão aquele que serve por amor de servir, sem qualquer expectativa de remuneração?
Não te esqueças de que o Mestre foi conduzido ao madeiro da angústia, por ajudar e amar sempre…
Erra, auxiliando.

Será melhor assim, porque todos estamos sob o olhar da Vigilância Divina.
O homem que ajuda por vaidade e ostentação, quase sempre, em pouco tempo, cria para si mesmo o hábito de auxiliar, atingindo sublimes virtudes.
Aquele, porém, que muito fiscaliza os beneficiados e raciocina com excesso quanto ao “dar” e ao “não dar” converte-se, não raro, em calculista da piedade, a endurecer o coração, por séculos numerosos.

Ouve! Estamos à frente do tempo infinito…

É imprescindível semear.

Não adubes o vício e o crime. Todavia, não olvides que é necessário plantar muito amor, para que o amor nos favoreça.

Espírito Neio Lúcio, do livro Alvorada Cristã psicografado por Chico Xavier.


In the seed of love

Always help, my son.
He thinks about the good, exalts his greatness and intensifies his gifts on Earth.

The most expressive glory of forgiveness does not reside so much in the superiority of the one who dispenses it, but in the sum of general benefits that will come after it. The highest value of fraternal support is not contained in helping immediate material needs, but in encouraging trust and fraternity.

Only spirits in extreme imbalance, fundamentally crystallized in evil, despise the manifestations of good.
I know that it is difficult to judge the fate of a gift, and sometimes your thoughts are lost, uselessly, in complicated conjectures.

“Have I given for good? have I given to evil?” — you ask yourself.
But if you have not given all you have, if you have only given crumbs of the treasure that the Lord has entrusted to you, will you not be able to help your neighbor, peacefully, in the name of the same generous Lord who lent you everything in the world, on a precarious basis?

Of course, I don’t ask you to favor crime and disorder visible to our eyes. However, if I can ask anything of you, at no time deny yourself to fraternal cooperation.

Do not abandon the sick, fearing annoyance, nor run away from the unfortunate brother who has fallen into the meshes of justice, fearing discomfort.
If your kindness is not understood, learn to wait.
Is not one more Christian who serves for the sake of serving, without any expectation of remuneration?
Don’t forget that the Master was led to the wood of anguish, for always helping and loving…
Wrong, helping.

It will be better this way, because we are all under the gaze of Divine Surveillance.
The man who helps out of vanity and ostentation, almost always, in a short time, creates for himself the habit of helping, reaching sublime virtues.
However, he who supervises the beneficiaries a lot and reasons excessively about “giving” and “not giving” often becomes a piety calculator, hardening his heart for many centuries.

Listen! We are ahead of infinite time…

Sowing is essential.

Do not fertilize vice and crime. However, do not forget that it is necessary to plant a lot of love, so that love favors us.

Spirit Neio Lúcio, from the book Alvorada Cristã, psychographed by Chico Xavier.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.