Nota espírita

Afirmaste, tantas vezes, estar sem dinheiro e que, por isso, não podes auxiliar.
Que ingratidão ante a generosidade da vida!
Dizes que te faltam recursos para aliviar o doente e tuas mãos não podem balsamizar-lhes as feridas.
Proclamas que não dispões de finanças para escorar um amigo alienado mental, em tratamento em um sanatório e, com teus olhos e ouvidos, conservas a possibilidade de transformar em valores de bem e mal que enxergues ou escutes, imunizando muita gente contra a loucura.
Asseveras que não reténs os meios precisos para garantir a instrução de um companheiro na escola e possuis a palavra como instrumento de luz, capaz de rechaçar desentendimentos e sombras.
Alegas que não consegues remunerar o trabalhador habilitado para socorrer-te o trato de solo e deténs contigo o poder de plantar a semente assegurar a limpeza da fonte.
Trabalho inteligente é privilegio que a vida te confiou.
Os Espíritos Angélicos são realmente ministros de Deus que brilham nos Céus e fazem prodígios, executando tarefas gloriosas.
Não olvides, porém, que, a despeito de tuas falhas e imperfeições, em te confrontando com eles, junto de nossos irmãos da Terra, se quiseres servir, podes fazer muito mais.

Albino Teixeira, do livro Coragem, psicografado por Chico Xavier

Por Jose Valim

Meu nome é José Valim, tenho 80 anos, e o meu objetivo é a divulgação da Doutrina Espírita Cristã.

Deixar um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.