Resposta Cristã

Nascente do Rio Tiete

Se procuras a fonte que sacia
A dolorosa sede de conforto.
Acorda a fé no peito quase morto
E foge à indiferença escura e fria.

Aprimora teu sonho, cada dia,
Guardando o Céu por deslumbrante porto
Aos espinhos e cardos do teu horto,
Em que padeces na aflição vazia.

Se desejas o dom da paz divina,
Por extinguir a angústia que te inclina
Às densas trevas do despenhadeiro,

Serve em silêncio a todos e acompanha
O Doce Flagelo da Montanha
Que abre os braços na cruz ao mundo inteiro.

Vallado Rosas, psicografia de Chico Xavier

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.