Refúgio

Nosso Senhor Jesus Cristo

Quando a tempestade ruge, Ele é o meu norte. Se a noite cai, Ele é a minha luz. Quando Choro, Ele é o meu consolo. Se estou solitário, Ele me faz companhia. Quando a ferida sangra, Ele é o meu bálsamo.

Mãos Pequeninas

Descerra as portas do coração aos filhinhos do berço torturado e protege-os confiante.Recorda que, um dia, duas mãos pequeninas, relegadas ao abandono numa estrebaria singela, eram as mãos de Jesus, o Rei Divino, que, ainda hoje, são o nosso refúgio de paz e a esperança do mundo inteiro. Chico Xavier/Meimei