O raio da morte

Em toda a parte onde a criatura não se vigia, ei-lo que surge, como arremessado pelos abismos da sombra.É o raio da morte que extermina, implacável, todas as sementeiras do bem.Na maternidade – é a força imponderável que provoca o desastre do aborto ou que fulmina pobres anjos recém-natos a sugá-la por veneno sutil, à… Continuar lendo O raio da morte