Categorias
Espiritualidade

Pressa

Pressa

Mantenho o estudo da pressa
De lugar para lugar,
E vejo que há pouca gente
Com pressa de trabalhar.

Lucano Reis, em Humorismo no Além

Por outro lado, a preguiça
É praga quando se expande,
Neca morreu na moleza
Repetindo: “Deus é grande”!…

Leandro Gomes de Barros, em Humorismo no Além

Categorias
Espiritualidade

Qualificação Espírita

CímbalosAinda que eu fale as línguas dos homens e dos anjos, se não tiver caridade serei como o bronze que soa ou como o címbalo que retine. Paulo. (I Coríntios. 13:1.)
Adotando a caridade por base de todas as suas aspirações e instituições, o espírita evangélico em tudo patenteia as marcas do caráter cristão de que dá testemunho.
É por isso que se mostra:
justo sem rigorismo;
sincero sem agressão;
paciente sem preguiça;
digno sem orgulho;
generoso sem desperdício;
previdente sem avareza;
alegre sem abuso;
entusiasta sem imprudência;
simples sem afetação;
correto sem frieza;
fervoroso sem dogmatismo;
indulgente sem leviandade;
afetuoso sem ciúme;
humilde sem baixeza;
sensível sem pieguice;
brando sem subserviência;
enérgico sem dureza;
tolerante sem exagero;
altruísta sem pretensão.
Informado de que fora da caridade não há salvação e compreendendo que salvar, essencialmente, significa livrar de ruína ou perigo, dá-se o espírita à divina virtude, desde o mais singelo recurso da beneficência até o mais profundo traço do próprio caráter, demonstrando ao mundo, conforme os preceitos do Cristo que, se as boas obras constituem a educação da caridade, os bons exemplos formam a caridade da educação.

Emmanuel, em Bênção de Paz