Categorias
Espiritualidade

Além da Terra / Beyond the earth

Depois da morte do corpo:

A frase amiga que houvermos proferido no estímulo ao bem será um trecho harmonioso do cântico de nossa felicidade.

A opinião caridosa que formulamos, acerca dos outros, converter-se-á em recurso de benignidade da justiça divina, no exame dos nossos erros.

O pensamento de fraternidade e compreensão, com que nos recordamos do próximo, transformar-se-á em fator de equilíbrio.

O gesto de auxílio aos irmãos do nosso caminho oferecer-nos-á sublime colheita de alegria.

Mas, igualmente, além-túmulo:

A maledicência, a que nos entreguemos, será espinheiro a provocar-nos dilacerações e feridas;

A nossa indiferença para as amarguras do próximo aparecerá por geleira, dificultando-nos os passos;

A nossa preguiça surgirá como sendo um gerador de penúria espiritual;

A nossa crueldade exibir-nos-á, na tela da consciência, a constante repetição dos quadros infelizes de nossos delitos, compelindo-nos à aflitiva demora em escuras paisagens purgatoriais.

A morte é o retrato da vida.

A verdade revelará na chapa da memória as imagens que estiveres criando, sustentando e movimentando, no campo da existência.

Se desejas ventura e tranquilidade, além das fronteiras de cinza, semeia, enquanto é tempo, a luz e a sabedoria que pretendes recolher, nas sendas da ascensão maior.

Hoje – plantação, segundo nossa vontade.

Amanhã – seara, conforme a lei.

Se agora cultivamos a sombra, decerto encontraremos, depois, a resposta das trevas.

Se, porém, semeamos o amor e a simpatia, onde nos encontramos, indiscutivelmente, mais tarde, penetraremos, ditosos, nos domínios da luz.

Espírito Emmanuel, do livro Mais Perto, psicografado por Chico Xavier.


Beyond the earth

After the death of the body:

The friendly phrase that we have uttered in the stimulus to good will be a harmonious excerpt from the song of our happiness.

The charitable opinion that we formulate about others will become a resource for the kindness of divine justice, in the examination of our errors.

The thought of fraternity and understanding, with which we remember our neighbor, will become a balancing factor.

The gesture of helping the brothers on our way will offer us a sublime harvest of joy.

But also beyond the grave:

The slander to which we indulge will be a thorn that causes us tears and wounds;

Our indifference to the bitterness of others will appear as a glacier, making our steps difficult;

Our laziness will appear as a generator of spiritual penury;

Our cruelty will show us, on the screen of conscience, the constant repetition of the unhappy pictures of our crimes, compelling us to the distressing delay in dark purgatorial landscapes.

Death is the portrait of life.

The truth will reveal in the flat memory the images that you are creating, sustaining and moving, in the field of existence.

If you desire happiness and tranquility, beyond the borders of ashes, sow, while there is time, the light and wisdom that you intend to gather, in the paths of the greater ascension.

Today – planting, according to our will.

Tomorrow – harvest, according to the law.

If we now cultivate the shadow, we will surely find the answer from the darkness later.

If, however, we sow love and sympathy, where we undoubtedly find it, later on, we will happily enter the realms of light.

Emmanuel Spirit, from the book Mais Perto, psychographed by Chico Xavier.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.