Categorias
Espiritualidade

Refúgio

Quando a tempestade ruge,
Ele é o meu norte.

Se a noite cai,
Ele é a minha luz.

Quando choro,
Ele é o meu consolo.

Se estou solitário,
Ele me faz companhia.

Quando a ferida sangra,
Ele é o meu bálsamo.

Se caio,
Ele me levanta.

Quando me agito,
Ele me pacifica.

Se desisto da luta,
Ele é o meu incentivo.

Quando odiado,
Ele me ama.

Se me perseguem,
Ele me oculta do mal
E me ensina a perdoar.

Quando a melancolia me invade,
Ele me restaura a esperança.

Se me falta o pão,
Ele me alimenta.

Quando o frio me enregela,
Ele me alberga em seu peito.

Se estou feliz,
Ele é a minha alegria.

Por onde vou,
Eu O vejo.
Onde estou,
Eu O sinto.

Jesus – o meu doce e terno
Refúgio de Paz.

Alexandre de Jesus, do livro Fé psicografado por Chico Xavier

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.