Categorias
Espiritualidade

Petição de companheiro

Senhor Jesus!…
Diante das boas obras, quando eu não tenha amor bastante para solucionar-lhes os problemas, induze-me a doar do que eu esteja usufruindo a fim de auxiliar-lhes a execução.
Quando me faltem disponibilidades para isso, ensina-me a entregar-lhes as horas possíveis de meu próprio trabalho.
Quando o meu tempo estiver tão ocupado pelos encargos que me deste, auxilia-me, por misericórdia, para que eu consiga dedicar a possível atenção aos companheiros que as utilizam, encorajando-lhes o ânimo e abençoando-lhes as tarefas.
Entretanto, quando essa oportunidade não me favoreça, ensina-me a orar em silêncio pelo êxito dos amigos que se consagram à realização de teus princípios.
Ainda assim, Amado Amigo, quando os meus débitos na existência forem tão grandes, que me sinta transitoriamente escravizado às obrigações de que necessito, em favor de minha própria quitação, à frente das Leis de Deus, ensina-me a sorrir para quantos te servem, agradecendo-lhes o trabalho e a presença, até que eu possa igualmente aprender a servir.

André Luiz, do livro Seara da Fé, psicografado por Chico Xavier

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.