Categorias
Espiritualidade

Pai

É natural que consideres teu problema qual espinho terrível.
É justo reconheças tua prova por agonia do coração.
Ergues súplice olhar, no silêncio da prece, e relacionas mecanicamente aqueles que te feriram.
É como se conversasses intimamente com Deus, apresentando-lhe vasto balanço de amarguras e queixas…
E o supremo Senhor cuidará realmente de ti, alentando-te o passo… Entretanto, é preciso não esquecer de que ele cuidará igualmente dos outros.

Lança mais profundo olhar naqueles que te ofenderam, conforme acreditas, e compara as tuas vantagens com as deles.
Quase sempre, embora se entremostrem adornados de ouro e renome, nas galerias da evidência e da autoridade, são almas credoras de compaixão e de auxílio… Traíram-te a confiança, contudo, tombaram nas malhas de pavorosos enganos; humilharam-te impunemente, mas adquiriram remorsos para imenso trecho da vida; dilaceraram-te os ideais, entretanto, caíram no descrédito de si próprios; abandonaram-te com inexprimível ingratidão, todavia, desceram à animalidade e à loucura…
Não é possível que a Luz do Universo apenas te ampare, desprezando aqueles que se encontram à margem de sofrimento maior.

Unge-te, assim, de paciência e compreensão para ajudar na Obra Divina, ajudando a ti mesmo.
Em qualquer apreciação, ao redor de alguém, recorda que o teu Criador é também o Criador dos que estão sendo julgados.
É por isso que Jesus, em nos ensinando a orar, revelou Deus como sendo o amor de todo amor, afirmando, simples: “Pai nosso, que estás nos céus…”

Emmanuel, do livro Justiça Divina, psicografado por Chico Xavier

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.