Categorias
Espiritualidade

Não diga

Não se diga pior em momento algum.
Se você já consegue escutar com paciência nas horas difíceis…
Se pode silenciar a própria irritação nas horas amargas…
Se tem ânimo para sofrer sem lamentação…
Se já suporta os problemas da própria casa, procurando solucioná-los sem azedume e sem queixa…
Se tem força para calar esse ou aquele assunto infeliz…
Se respeita a liberdade dos outros…
Se você acredita que pode alcançar a sublimação espiritual sem os outros, decerto ainda não chegou à verdade.
A vida foi criada, à feição de máquina complexa, em que as peças diferenciadas, entre si, guardam função específica.
Não fuja à engrenagem do seu grupo se deseja aperfeiçoar-se e progredir.
Os outros são as áreas destinadas à complementação e melhoria dos seus próprios reflexos.
Através deles é que você se analisa para observar-se com segurança.

Lembre-se:
Fracassos, de qualquer modo, são sempre convites a que partamos para tarefas novas e melhores, compelindo-nos a sair da insegurança.

André Luiz, do livro O Homem Coração, psicografado por Chico Xavier

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.