Categorias
Espiritualidade

Solidariedade

Plantemos flores onde repontem, ameaçadores, espinheiros agrestes.
Lancemos a mensagem do bem, onde o mal procura envolver situações, criaturas é coisas, estabelecendo aflições inúteis.
Estendamos os recursos da amizade leal, onde a discórdia tente consolidar o escuro domínio que lhe é próprio.

Auxiliemos com o nosso concurso irmão, onde a leviandade desajuda.
Façamos da solidariedade a bandeira de nossa marcha permanente para diante, dentro da nossa sede de progresso, porque, em verdade, somente a compreensão, a tolerância e a fraternidade, com o perdão e o amor por normas inalteráveis de serviço, conseguem efetivamente amparar, lenir, soerguer e salvar.

Meimei, do livro “O Homem Coração, psicografado por Chico Xavier

Página recebida pelo médium Francisco Cândido Xavier, na reunião da noite de 10 de junho de 1951, em Pedro Leopoldo. Fonte: O Espírita Mineiro, número 9/10, novembro/dezembro de 1952.

3 respostas em “Solidariedade”

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.