Categorias
Espiritualidade

Nunca esmoreças

Alma fraterna, recorda
Os momentos infelizes
Parecem noites de crises
Em que o céu lembra um vulcão;
Ribombam trovões no espaço
Coriscos falam da morte,
Passa irado o vento forte,
Tombando troncos no chão…

Os animais pequeninos
Gritam pedindo socorro.
Descendo de morro em morro,
Caí a enxurrada a correr…
Mas finda a borrasca enorme,
No escuro da madrugada,
Em riscas de luz dourada,
Vem o novo amanhecer.

Assim também na vida,
Se atravessas grandes provas,
Na estrada em que te renovas,
Guarda a calma ativa e sã:
Sofre, mas serve e caminha,
Vence a sombra que te invade,
Se a hora é de tempestade,
Há novo dia amanhã…

Emmanuel, do livro “O Homem Coração”,
psicografado por Chico Xavier

Poema psicografado pelo médium Francisco Cândido Xavier. Fonte: Jornal Município de Pitangui, número 25, setembro de 1991.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.