Categorias
Espiritualidade

Um dia

Quando plantamos, sabemos que a produção surgirá certo dia. Se encetamos uma jornada, não ignoramos que, em certo momento, ela terminará.

Um dia, Sócrates deliberou sair de si mesmo, apresentando alguns aspectos da verdade, e imortalizou-se. Um dia, Colombo resolveu empreender a viagem ao Mundo Novo e desvelou o caminho para a América.
A gloriosa missão de Jesus começou para os homens no dia da Manjedoura. O ministério dos Apóstolos foi definitivamente

homologado pelos Poderes Divinos no dia de Pentecostes.
Tudo no Universo começa num dia.
O bem e o mal, a felicidade e o infortúnio, a alegria e a dor, invocados por nossa alma, guardam o exato momento de início.
Quando plantamos, sabemos que a produção surgirá certo dia. Se encetamos uma jornada, não ignoramos que, em certo momento, ela terminará.
Um dia criamos, um dia recolheremos.
Não olvides, porém, que a semente não germinará sem cuidado, em tua quinta.
Se deres teu dia à erva ingrata, ela se alastrará, sufocando-te o horto amigo. Se abandonares teus minutos aos vermes daninhos, multiplicar-se-ão eles, indefinidamente, impedindo a colheita.
Ocupa-te com o dia, de olhos voltados para a eternidade.
Das resoluções de uma hora podem sobrevir acontecimentos para mil anos.
Tudo depende de tua atitude na intimidade do tempo.
Judas era um discípulo fiel a Jesus, mas, um dia acreditou mais no poder frágil da terra que na administração do céu, e traiu a si mesmo.
Madalena era estranha mulher, possessa de sete demônios; um dia, no entanto, ofereceu-se à virtude e inscreveu seu nome na História, figurando no cânone das almas inesquecíveis.
O amanhã será o que hoje projetamos.
Alcançarás o que procuras.
Serás o que desejas.
Acorda para a realidade do momento e amontoa bênçãos pelos serviços que prestaste e pelo conhecimento que difundiste em tuas horas.
O tempo é o rio da vida cujas águas nos devolvem o que lhe atiramos.
Enquanto dispões das horas de trabalho, dedica-te às boas obras.
Se acreditas no bem e a ele atendes, cedo atingirás a messe da felicidade perfeita; mas se agora mofas do dia, entre a indiferença e o sarcasmo, guarda a certeza de que, a seu turno, o dia se rirá de ti.

Isabel de Castro, do livro Falando à Terra, psicografado por Chico Xavier

5 respostas em “Um dia”

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.