Categorias
Espiritualidade

O trabalho

Não devemos deixar que a nossa existência transcorra através de uma luta acirrada, por vezes feroz, no terreno rigorosamente utilitário.
Não convém sermos exclusivamente formigas. Precisamos ter alguma coisa de cigarras. Com ambos estes insetos temos que aprender. Com a formiga, a perseverança, a ordem, o método no trabalho, enfrentando e vencendo a escabrosidade do carreiro a percorrer. Com a cigarra, o processo de amenizar a aspereza das provações e das vicissitudes inerentes às nossas condições atuais.
O trabalho não é castigo: é bênção. Deve, por isso mesmo, ser executado com prazer. E o meio de conseguirmos isso consiste em reduzir, o quanto possível, o cunho egoístico de que o mesmo se reveste em nosso meio.
O objeto do trabalho não está, como se imagina, unicamente no lucro, na compensação econômica que proporciona. Além desse aspecto, que corresponde ao utilitarismo, há um outro que nos não deve passar despercebido. Queremos referir-nos à sua finalidade essencial, ao seu motivo elevado, que é promover e acoroçoar nossa evolução. Tal é, em realidade, a razão superior do trabalho.
E, por ser assim, ninguém perde o trabalho que executa. Se falha, acaso, o resultado pecuniário, aquele outro nunca falha. A compensação divina do esforço ou da obra realizada é moeda que jamais o obreiro deixa de receber.
Portanto, quem trabalha, enriquece sempre: se não a bolsa, o cérebro e o coração.

Vinícius, do livro em Torno de Mestre, psicografia de Chico Xavier

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.