Mão seca

18. De outra vez Jesus entrou no templo e aí encontrou um homem que tinha seca uma das mãos. — E eles o observavam para ver se Ele o curaria em dia de sábado, para terem um motivo de o acusar. — Então, disse Ele ao homem que tinha a mão seca: “Levanta-te e coloca-te ali no meio.” Depois disse aos presentes: “É permitido em dia de sábado fazer o bem ou o mal, salvar a vida ou tirá-la?” Eles permaneceram em silêncio. Jesus, porém, encarando-os com indignação, tanto o afligia a dureza de seus corações, disse ao homem: “Estende a tua mão. Ele a estendeu e ela se tornou sã.”
Logo os fariseus saíram e se reuniram contra Ele em conciliábulo com os herodianos, sobre o meio de o perderem. Mas Jesus se retirou com seus discípulos para o mar, acompanhando-o grande multidão da Galileia e da Judeia, de Jerusalém, da Idumeia e de além Jordão; e os das cercanias de Tiro e de Sídon, tendo ouvido falar das coisas que Ele fazia, vieram em grande número ao seu encontro. (Marcos, 3: 1 a 8.)

Índice
Início

Senda de paz

%d blogueiros gostam disto: