Preguiça e ódio

Observemos que o Senhor, diante da multidão faminta, não pergunta aos companheiros: “De quantos pães necessitamos?”, mas sim: “Quantos pães tendes?”, Marcos 8:5. Esta passagem denota a preocupação de Jesus no sentido de alertar os discípulos para a necessidade de algo apresentar a Providência Divina como base para o socorro que os apóstolos lhe ofereciam.… Continuar lendo Preguiça e ódio