Esforço Pessoal

Diz o preguiçoso: “amanhã farei”. Exclama o fraco: “amanhã, terei forças”. Assevera o delinquente: “amanhã, regenero-me”. É imperioso reconhecer, porém, que a criatura, adiando o esforço pessoal, não alcançou, ainda, em verdade, a noção real do tempo. Quem não aproveita a bênção do dia, vive distante da glória do século. Chico Xavier/Emmanuel, em Vinha de […]